Você sabia que o açúcar não faz tão mal para os dentes?

Fala, galera! Tudo certo? 😀

Achei este texto muito interessante no blog da Dental Arte falando que o açúcar não faz tão mal para os dentes. Por isso, resolvi compartilha-lo com vocês: 

“Tá legal, vamos derrubar um mito: assim como tomar banho de chuva NÃO faz ninguém pegar gripe, o açúcar presente nos alimentos – inclusive nas deliciosas guloseimas que as crianças adoram – NÃO provoca cáries. Como assim? Que absurdo é esse?!?!? Calma, já explico.

Como todo mundo sabe, a gripe é uma doença causada por um vírus, o Influenza (que pode ser do tipo A, B ou C). Não é a água da chuva que vai fazer o indivíduo ficar gripado nem mesmo o sorvete ultra gelado que você toma em um dia de intenso calor, e sim, o vírus que se aproveita de um estado momentâneo de queda na imunidade e se instala no organismo. Tanto é que existe vacina pra evitar a gripe. Ela vai combater o vírus. É claro que ele sofre constantes mutações, o que dificulta a erradicação da doença. Mas a vacina existe e está aí pra ser tomada. E quanto à cárie?

Muito embora seja taxado como o principal vilão causador de cáries, o açúcar não é tão malvado assim. O que realmente vai provocar a cárie e estragar os dentes são as bactérias existentes na boca chamadas de “cariogênicas”, em especial, as do grupo Streptococcus. Estas bactérias se alimentam do açúcar e, como produto de seu metabolismo, elas secretam ácidos que diminuem o pH do meio bucal, permitindo a desmineralização do esmalte dentário e, consequentemente, a destruição do dente. Se não tivesse a tal bactéria, não teria cárie. Simples assim.Mas por que estou escrevendo tudo isso?

Pra desabafar. Isso mesmo! A Odontologia – e não só a Odontopediatria – é muito pautada no “faça o que eu digo mas não faça o que eu faço”. Como assim?A gente vive falando para nossos pacientes que, para ter dentes bonitos, fortes e saudáveis, é preciso evitar os doces ao máximo. Quem aqui nunca ouviu esta recomendação do dentista alguma vez na vida?

Agora sejamos francos: que criança vai deixar de comer balinha, bombom, pirulito no recreio da escola? Que pai, mãe, vô ou vó vai deixar de dar um chocolate ou um doce qualquer para agradar uma criança ou simplesmente para convencê-la a ser obediente? Desculpem o peso da palavra, mas muitas vezes agimos como verdadeiros hipócritas. Eu mesmo já vi clínica odontológica que tinha um baita pote de pirulitos na sala de espera. E aí?

Por favor, não pense que estou revoltado ou indignado com essa história. Mas acredito que precisamos ser realistas e, falando a verdade aos pacientes, estarei me aproximando da realidade que eles vivem longe dos meus cuidados.Então tá liberado, pode comer doce à vontade? Calma, sejamos sensatos. Tenha bom senso!

Quando recomendo a uma criança evitar os doces, procuro deixar bem claro para ela e para os responsáveis que não precisa parar de comer doce de uma vez por todas. E não precisa mesmo! Até porque isso não vai acontecer e a gente sabe disso! O que precisa, volto a dizer, é ter bom senso. O que indico é evitar comer as delícias fora de hora, uma vez que não será possível fazer uma higienização adequada da boca em certos momentos do dia como, por exemplo, na escola. Mas, se for inevitável, que façam pelo menos um bochecho com água para retirar o excesso de açúcar dos dentes.

A meu ver, o que realmente contribui para o desenvolvimento da cárie é a falta de higienização adequada da boca. Isso mesmo! Escovar os dentes “mais ou menos” não está com nada. E atenção, senhores pais, avós e demais responsáveis: é de VOCÊS a responsabilidade não só de ensinar a criança a cuidar dos dentes, mas também de fazer a escovação dos dentinhos da molecada, especialmente antes de dormir, principalmente durante a chamada primeira infância – até os 6 anos. Nessa idade, a criança não tem coordenação motora suficiente pra fazer uma higienização adequada e deixar essa tarefa por conta somente dela não é um bom negócio. E vou além: se ela aparece no consultório cheia de cáries, com dor de dente e com uma higienização pobre, boa parte da culpa é de vocês sim!“- Ah, mas meu filho me dá muito trabalho pra escovar os dentes! Não fica quieto, chora o tempo todo… Acabo perdendo a paciência!” Então encontre-a novamente e não desista! Tenho certeza de que ele chorou nos primeiros banhos e nem por isso você deixou de dar banho nele.“- Sabe o que é, doutor? É que ele nasceu com os dentinhos fracos, tomou muito antibiótico quando era pequeninho, os dentes já nasceram cariados…” BALELA! Dente não nasce cariado.

Mas voltando a falar dos doces: como já disse, não precisa riscá-los do dia a dia de ninguém. Basta saber comer com moderação. Quem precisa ficar com um pirulito pendurado na boca o dia inteiro?  Pra que ficar mascando chiclete e chupando balinha uma atrás da outra? Além de alimentar freneticamente as bactérias da boca, isso ainda dá dor de barriga e engorda! Quer dar um chocolate pra uma criança? Faça-o, mas de preferência perto do horário em que ela vai escovar os dentes, por exemplo, depois do almoço ou do jantar.

E, antes de dormir, não mande seus filhos sozinhos pro banheiro. Vá com eles e, se for o caso, faça você mesmo a escovação dos dentinhos deles. Eles até podem achar você um chato hoje, mas garanto que no futuro, depois de passar a infância sem cáries e com uma boca saudável, eles com certeza vão te agradecer. Te dou um doce se isso não acontecer.”

Interessante, não é?!

Fonte: Blog Dental Arte 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s