Cuidando dos pés

Confinados dentro de botas, tênis e sapatos fechados, os pés costumam ser uma das áreas mais renegadas em cuidados, juntamente com outros periféricos como joelhos e cotovelos. É natural lembramos mais destas áreas no verão, quando costumamos expor mais o corpo e usar mais sandálias, mas não podemos esquecer de alguns cuidados básicos durante  o inverno para manter os pés saudáveis!

Se você não sabe o que está fazendo, não tente cortar as unhas dos pés sozinho em casa. Um corte torto pode facilmente evoluir para uma unha encravada, que pode evoluir para uma inflamação tão ruim que requer uma pequena intervenção cirúrgica – fora todo o desconforto nessa região que uma inflamação causa.

Dito isso, vamos à lista de dicas básicas que não podemos esquecer. Os pés agradecem o cuidado extra nessa época!

  • Se usar meias, prefira as de algodão e troque-as todos os dias. Nada de usar meia suja e suada, vira uma colônia de bactérias – fora que dá chulé! 😛
  • Sempre lave bem os pés e seque-os melhor ainda, para prevenir o surgimento de frieiras
  • Evite usar calçados apertados ou com ponteiras muito finas/arredondadas, que apertam as unhas e as deformam com o tempo, prejudicando seu crescimento e causando até encravamento
  • Evite também ficar descalço em banheiros públicos, chuveiro da escola/academia e lugares cujos hábitos higiênicos são desconhecidos
  • Jamais corte calos! Se estiver muito grosso e incomodando, lixe levemente. O ideal é ir a um podólogo ou dermatologista pra cuidar disso de maneira apropriada
  • Esfolie os pés de uma a duas vezes por semana. Isso ajuda a revigorar a pele, remover células mortas e até mesmo a afinar a sola dos pés – fora que é uma terapia gostosa!
  • Hidratação também é importante! Bezunte os pés com um creme bem emoliente após o banho e coloque a meia mais felpuda que você tiver. Além de ser uma delícia nesse frio, a meia intensificará a hidratação e deixará seus pés mais macios e cheirosos
  • Outra coisa bem gostosa de se fazer no frio: escalda pés! É relaxante, amacia e perfuma. Perfeito para se fazer depois de um longo dia de trabalho ou de um passeio longo.
  • Não corte as unhas muito rentes e jamais corte-as nas laterais. De novo: opte por um podólogo para cuidar disso
  • Pintar as unhas dos pés acaba denotando que você tem um maior cuidado com sua aparência, mas pintá-las sem dar um intervalo para descanso pode enfraquecê-las – isso vale para as unhas das mãos também

Uma outra dica legal que tenho dado paras as amigas ultimamente é a escovinha de unhas: usada diariamente no banho, com movimentos leves, ela esfolia as cutículas e limpa as unhas. Com o tempo e o uso constante, você perceberá que suas cutículas estarão bem mais finas e controladas – isso se não pararem de crescer. Foi assim que parei de usar o alicate e fez uma diferença enorme na minha rotina, pois além de não me machucar mais, economizei um tempo precioso ao fazer as unhas!

Fonte: NailsFreak

 

 

 

 

 

Ass. Secret

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s