Temperatura ideal para uma cerveja

Uma velha e manjada questão, principalmente para nós, brasileiros, que estamos acostumados com as “pseudo-cervejas” e com aqueles bares e botecos de freezers na temperatura -2° C, -4° C. Sempre passa na cabeça “manda uma cerveja beeeeem gelada”.

Não tem como não passar na sua cabeça “tomar uma cerveja mega gelada”. Em locais muito quentes é muito normal tomarmos as famosas pilsens, que são cervejas para refrescar mesmo, não entram na categoria de “degustação” de cerveja. Mas claro, existem ótimas pilsens como a Pilsner Urquel, mas não podemos colocá-la nesses méritos.

A temperatura varia de acordo com a cerveja 

É exatamente isso. Não é qualquer tipo de cerveja que podemos tomar a 2° C e também não tem como beber uma pilsen, numa temperatura de 10° C, 12° C. Existem pontos que vocês devem saber para beber sua cerveja.

Papilas degustativas

Não tentem tomar cervejas abaixo de 0° C, isso faz com que suas papilas gustativas se fechem e percam a sensibilidade, fazendo com que você não perceba mais o gosto das cervejas praticamente, não sentindo também o teor alcoólico dela, dificultando assim, o sabor das próximas.

Não congele

Bom, acabei de falar que não é bom deixar a cerveja em 0° C ou abaixo disso, portanto, não congele, por favor. O congelamento tira algumas propriedades da cerveja. Também não devemos gelar e degelar a cerveja, acredito que vocês já tenham ouvido falar disso, pois mexe nas características, com isso, você pode acabar achando ruim e colocando a culpa na cervejaria, enquanto foi você que ficou gelando e desgelando.

Espuma da cerveja, o famoso colarinho

Eu juro que não me conformo como tem gente que não gosta de colarinho. Ele que dá o corpo, consistência, mantém o sabor, prolongando-o. E ele também é um isolante térmico, mantendo sua cerveja numa temperatura adequada por mais tempo. É totalmente recomendado que você deixe entre 2 e 3 dedos de colarinho para manter o aroma e a temperatura bem modafoca.

Métricas de acordo com o estilo

Como já percebemos até agora, a temperatura varia muito de acordo com o estilo da cerveja. Vimos também que as “pseudo-cervejas” nacionais não são dignas de degustação, portanto, não entram com rigor nesse caso de temperatura para degustação, é só lembrar de não congelar ou colocar abaixo de 0° C ok?

  • Muito gelada (de 0 a 4°C): Pale Lagers, cervejas sem álcool e qualquer cerveja que tenha o objetivo de refrescar e não muito a de ser degustada, provavelmente pela qualidade duvidosa
  • Bem gelada (de 5 a 7°C): cervejas de trigo claras, Lambics de fruta e Gueuzes.
  • Gelada (de 8 a 12°C): para Lagers Escuras, Pale Ale, Amber Ale, cervejas de trigo escuras, Porter, Helles, Vienna, Tripel e Bock tradicionoal.
  • Temperatura de adega (de 13 a 15°C): para as Ale quadrupel, Strong Ales Escuras, as Stout e a maioria das cervejas especiais Belgas, incluindo as Trapistas. As Bocks mais fortes como a Eisbock e a Doppelbock.
Ass. Secret

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s