Últimas

Minha despedida

Foram 9 meses de diversas festas na Quartas Das Mulheres do Segredo, com muito Sertanejo Universitário e a maravilhosa companhia de vocês.

Além disso, estive presente no Facebook, Twitter e aqui, no blog. Conheci pessoas incríveis e conversei com elas através das redes sociais do Segredo POA.

Pude compartilhar experiências, escrever dicas de alimentação e vestuário, fazer promoções e sorrir bastante! Alem de colocar imagens e musiquinhas para animar nossas tardes.

Estou indo pois novas oportunidades surgiram. Mas… Não se aprece!! Você ainda pode me encontrar todas as QUARTAS no Segredo POA, com a galera da Promothers!

Afinal, sei onde rolam as MELHORES festas de Porto Alegre: no SEGREDO!

Anúncios

Dá um sorrisinho e vem curtir Jonathan & Matheus na Quarta das Mulheres!

Fala, galera! Tudo certo? 😀

Nesta semana, a Quarta das Mulheres do Segredo vai estar imperdível com o lançamento do DVD da dupla Jonathan e Matheus!

As primeiras 200 pessoas ganham o DVD!

E pra elas, espumante liberado até à 1h e servido por garçons modelos!

Vai ficar de fora dessa? Claro que não, né?!

Então, pra fazer um aquece, vamos escutar Livre, leve e solto!

Te espero lá!

Sanduíche de bacon ajuda a curar ressaca

Fala, galera! Tudo certo? 😀

Sabe aquele bom sanduíche de bacon? Ele pode te ajudar com a ressaca. Dá uma olhada no que eu achei no Blog Alimento Seguro:

“Sexta-feira, dia de sair com os amigos, ir pra balada, beber… Também é dia de exageros na alimentação, na dose da bebida alcóolica… Por isso, hoje estou aqui para apresentar-lhes a “cura” para a bebedeira: um belo e suculento sanduíche de bacon! Exatamente, um sanduíche de bacon!

Segundo pesquisa divulgada no jornal britânicoTelegraph, o lanche pode acelerar seu metabolismo, ajudando o organismo a se livrar da ressaca de forma mais rápida.

“O alimento irá te ajudar a se sentir melhor. Enquanto o pão é rico em carboidratos, o bacon é em proteínas que se quebram em substâncias que proporcionam bem estar ao corpo”, afirma Elin Roberts, pesquisadora da Universidade de Newcastle, no Reino Unido.

Em entrevista à publicação The Mirror, a pesquisadora afirmou ainda que o exagero na bebida alcoólica desestabiliza os neurotransmissores, deixando aquela sensação de cansaço típica da ressaca. No entanto, o bacon possui níveis elevados de aminoácidos, que podem regularizar essa condição do organismo.

O apreço pelo bacon, no entanto, vai muito além de gosto pessoal e do paladar de cada um. “O cheiro do bacon sendo fritado é suficiente para atiçar até mesmo os vegetarianos. Acontece algo mais profundo, não é somente a idéia de um lanche saboroso. Há uma química complexa acontecendo”, comenta Elin. Segundo a médica, a reação libera centenas de cheiros e sabores, mas é o cheiro que cativa o apetite. “Cheiro e sabor são intimamente interligados”, reforça.

De acordo com a médica, a carne é composta, em sua maioria, por água e proteína. “Mas é preciso um pouco de gordura. Qualquer um que tenha feito dieta sabe que se você tirar a gordura da carne ela não fica com o mesmo sabor”, explica Elin.
Por Jéssica Braun de Moraes”

Agora já sabem o que fazer quando tomarem umas a mais!

Reúna a galera para jogar UNO

Fala, galera! Tudo certo? 😀

Gosto muito de jogar uno com os meus amigos. Portanto, trouxe esse post explicando como jogar! Aprende aí!

UNO® é um jogo de cartas desenvolvido pela Mattel. Recomenda-se de dois a dez jogadores para jogá-lo, a partir de 7 anos de idade.

Objetivo: ser o primeiro jogador a ficar sem cartas na mão, utilizando todos os meios possíveis para impedir que os outros jogadores façam o mesmo.

Como jogar: Cada jogador recebe 7 cartas. O restante do baralho é deixado na mesa com a face virada para baixo e então vira-se uma carta do monte. Esta carta que fica em cima da mesa serve como base para que o jogo comece.

O jogador a esquerda do que distribuiu as cartas inicia o jogo, que deve seguir em sentido horário. Os jogadores devem jogar, na sua vez, uma carta de mesmo número, cor, OU símbolo da carta que está na mesa. Exemplo: se a carta inicial for um 2 vermelho o primeiro jogador deve jogar sobre ela um 2 (não importando a cor) ou uma carta vermelha (não importando o número). O jogador sucessivo faz o mesmo, dessa vez valendo como base a carta colocada pelo jogador anterior.
Ao jogar a penúltima carta, o jogador deve anunciar em voz alta falando “UNO”. Se não fizer isso, os demais jogadores podem obrigá-lo a comprar mais duas cartas. A rodada termina quando um dos jogadores zerar as suas cartas na mão.

Cartas especiais: Além das cartas numéricas, o baralho de UNO possui mais 5 cartas especiais que produzem diferentes efeitos durante o jogo:

  • +2: o jogador seguinte apanha duas cartas e passa o seu turno ao jogador seguinte;
  • Inversão: o sentido de jogo inverte-se. Se o sentido do jogo está no sentido horário, quando jogada uma carta “Inverter”, joga-se em sentido anti-horário;
  • Bloqueio: o jogador seguinte perde a vez;
  • Curinga: pode ser jogada durante qualquer momento do jogo independentemente da carta que se encontra no topo de descarte. O participante que jogar essa carta escolhe a próxima cor do jogo (verde, azul, vermelho ou amarelo);
  • Curinga +4: o jogador seguinte apanha quatro cartas do baralho e perde o turno, o jogador que a descartou diz escolhe a próxima cor do jogo (verde, azul, vermelho ou amarelo). Esta carta só deverá ser jogada quando o jogador não não possui nenhuma outra carta que possa usar. No entanto, se o jogador prejudicado desconfiar que o primeiro jogador está “blefando”, pode pedir para conferir a mão deste, se estiver certo, o jogador que jogou terá que apanhar as 4 cartas como punição. Caso a jogada tenha sido legal, o jogador que desconfiou deve apanhar seis cartas.

Regras alternativas: algumas regras adicionais são utilizadas por grupos de jogadores, variando de acordo com a região. Elas implicam em efeitos não estabelecidos nas regras originais do jogo, sendo aplicadas às cartas numéricas, como o corte: quando um jogador possui uma carta idêntica (número ou símbolo + cor) a última descartada, ele poderá jogá-la antes que o próximo jogador descarte. Assim ele corta a vez dos jogadores e o jogo continua a partir dele.

Pontuação: UNO se dá por rodadas, e a cada rodada o jogador que vence acumula pontos. Porém a maioria dos jogadores não jogam com contagem de pontos, terminando o jogo a cada rodada. A pontuação é dada pelas cartas que RESTAM nas mão dos outros jogadores:

  • +2: 20 pontos;
  • Inversão, Bloqueio e Curinga: 20 pontos;
  • Curinga +4: 50 pontos;
  • Cartas númericas (0-9): tem o valor correspondente ao seu número.

Quando há contagem de pontos vence o primeiro jogador que atingir 5000 pontos.

Fonte: Manualzinho

Bora chamar os amigos para jogar uma partidinha! 😉

Bora pro Segredo que hoje tem Quarta das Mulheres!

Fala, galera! Tudo certo? 😀

Hoje a Quarta das Mulheres conta com Klaus Neher, tocando aquele sertanejo universitário do bom, e a DJ Grasi Colombo no comando das pickups!

Lembrando que, como de costume, irá ter aquele bom coquetel de espumante para elas servidos por garçons modelos até à 1h.

Espero todos vocês lá!

E para fazer um aquece, quero ver todo mundo fazendo Tchu Tcha, com João Lucas e Marcelo!

Receita: Panquecas americanas

Fala, galera! Tudo certo? 😀

Hoje vim trazer uma receita que vi no Blog Alimento Seguro, ensinando a fazer aquelas famosas panquecas americanas que são bastante vistas em filmes e desenhos animados. Pegue o papel e a caneta pra anotar:

Ingredientes:
– 1 ovo;
– 2 colheres (sopa) de óleo;
– 1 creme de leite;
– meia xícara (chá) de farinha de trigo;
– 1 colher (sopa) de fermento químico em pó;
– manteiga para untar.

Modo de Preparo:
Em um liquidificador, bata o ovo com o óleo o creme de leite. Acrescente a farinha de trigo e o fermento e bata até ficar homogêneo. Aqueça uma frigideira antiaderente untada, despeje porções de massa no centro, sem espalhar. Quando começar a formar furinhos na superfície, vire a panqueca e deixe dourar do outro lado. Coloque em um prato e faça o mesmo com restante da massa. Sirva.

Dica:
Faça as panquecas pequenas e sirva  com geleia ou mel.

Fonte: Blog Alimento Seguro

Delicioso, né?!

Le Parkour: você conhece?

Correr, suspender-se, saltar, dependurar, rastejar… O parkour é uma atividade que desenvolve essas habilidades e devolve ao praticante a capacidade de através de seus usos, movimentar-se livremente no ambiente em que se encontra.

O que é?
A idéia é traçar um percurso ou objetivo e, por meios próprios, alcançá-lo independentemente dos obstáculos que surgirem no caminho. Durante esse deslocamento o praticante aprende a fazer uso de artifícios que vão desde a exploração da sua condição física ao discernimento de quais métodos de transposição oferecem menor risco ou maior eficiência durante esse trajeto.

Como surgiu?
O Parkour surgiu na década de 80, na França. David Belle, usou inspirações no seu pai, um dos combatentes na Guerra do Vietnã, que usava alguma das técnicas do Parkour (que naquela época não possuia este nome) na guerra. David Belle então adptou essas técnicas e as batizou “Le Parkour” (O Percurso). Após isso, ele treinava a sua disciplina, e com muita dedicação e tempo, foi reunindo pessoas. Mais tarde, ele apareceu em várias reportagens na mídia, então o Parkour passou de desconhecido à uma disciplina praticada no mundo todo.

Como começar?
Antes de nada, você vai necessitar de um preparo físico, levando em consideração que seu corpo será muito exigido durante a pratica.Outro detalhe importante: os alongamentos e o aquecimento antes do treino. Após faze-los, você pode treinar as técnicas que estão na nossa seção de tutoriais.

Quais os riscos físicos?
O Parkour se torna uma disciplina que requer muita concentração e dedicação, devido ao fato de que uma pessoa pode sofrer sérios machucados caso execute uma técnica erroneamente. Certos movimentos necessitam de muita concentração e dedicação para serem executados, é preciso treiná-los antes, e quando o praticante adquire confiança no seu corpo e na sua mente, passa a executá-lo.

Movimentos?
Movimentos ou técnicas é como se chama os modos de se passar por um obstáculo. Esses movimentos são muito variáveis, e é recomendável que o traceur (praticante de parkour) treine a técnica básica do movimento para depois executar em uma run. A repetição é muito importante para evitar ferimentos, e o traceur deve ter consciência de quais são seus limites, de oque pode treinar. As vezes uma técnica ajuda a execução de outra.

Dá uma olhada no vídeo para saber como é:

Fontes: Overmundo e ABPK

%d blogueiros gostam disto: